Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização de acordo com a nossa Política de cookies.

Fürstenau, Eppens & Co Desconhecido 1920 - Intensimetro ver mais
+
-
© Francisco Matias
O que sentiu?
  • 1 Contente
  • 4 Surpreso
  • 0 Tristeza
  • 0 Riso
Fürstenau, Eppens & Co Desconhecido 1920 - Intensimetro A intensimetria foi utilizada para determinar a potência da radiação acústica de modelos de painéis no campo das pulsações de pressão aerodinâmica, nomeadamente no campo próximo de uma superfície vibrante, permitindo estabelecer o efeito da carga estática do painel sobre a potência da sua radiação acústica nas proximidades das primeiras frequências ressonantes, demonstrando que o efeito diminui com o aumento da frequência.


O intensímetro de Fürstenau foi inventado pelo Dr. Robert Fürstenau na década de 1920.

O intensímetro de Fürstenau foi um dos primeiros que iria substituir a pele dos médicos como forma de testar a intensidade da radiação, método que provocava ferimentos graves.

O intensímetro de Fürstenau permitia medir a quantidade de radiação ionizada usando uma célula de selénio.

Embora a sua invenção tenha sido importante, não era totalmente eficaz e, gradualmente, o intensimetro de Fürstenau foi substituído por instrumentos de medição mais precisos.

Também em 1920

  • 13 de Março - O Kapp-Putsch expulsa o governo da República de Weimar de Berlim;
  • 15 de Abril - Os anarquistas Sacco e Vanzetti são acusados de assassinar dois seguranças enquanto roubam uma loja de sapatos.
  • 30 de Novembro - A Prússia torna-se um Estado livre, parlamentar e democrático. O presidente do Conselho é o social-democrata Otto Braun.